PRODUTOS PERIGOSOS
 Produtos perigosos são os de origem química, biológica ou radiológica que apresentam um risco potencial à vida, à saúde e ao meio ambiente, em caso de vazamento.
 O grande avanço tecnológico, cada vez mais rápido, tem aumentado a quantidade e a variedade de produtos químicos em uso o que, por sua vez, aumenta a possibilidade e a gravidade dos acidentes. Os acidentes podem acontecer durante o fabrico e o processamento, o transporte, a estocagem e o descarte.
INCIDENTES COM PRODUTOS PERIGOSOS
  Tais incidentes podem acontecer, basicamente, de duas maneiras:
      derramamento acidental;
      depósito clandestino.

O derramamento acidental pode acontecer em decorrência de um acidente ou incêndio em instalações ou veículos; falha em processo ou equipamento industrial; ação deliberada.
As conseqüências de um derramamento são a potencial contaminação do ambiente - ar, solo, águas - passando daí para os seres vivos - plantas, animais e pessoas. Esta contaminação ambiental ocorre também quando produtos perigosos sem utilidade são abandonados ou despejados sem quaisquer precauções.
Há que contar sempre com a ignorância de algumas pessoas que, em muitas ocasiões, pode criar ou agravar uma situação de risco.
COMO IDENTIFICAR PRODUTOS PERIGOSOS
  É muito difícil, senão impossível, mesmo para um técnico, identificar, num relance, se um determinado líquido, pó, fumaça ou sólido é um dos chamados produtos perigosos. A imprudência (ou azar) de algumas pessoas, tocando, inalando ou até mesmo ingerindo um destes produtos, acaba com a dúvida, com o aparecimento dos sinais e sintomas de queimaduras ou intoxicações.
  Cada produto recebeu um número de quatro algarismos, sendo agrupados em nove classes, conforme a similaridade:
1. Explosivos
2. Gases Comprimidos
3. Líquidos Inflamáveis
4. Sólidos Inflamáveis
5. Substâncias Oxidantes
6. Substâncias Tóxicas e Infectantes
7. Substâncias Radioativas
8. Corrosivos
9. Diversos
Um produto como sódio é identificado por um rótulo referente à classe:
perigo quando molhado
e um painel com o número que identifica o produto:
  Nota: a especificação do risco detalha o "comportamento" do produto, que no caso do sódio significa "sólido inflamável que, em contato com a água, libera gases inflamáveis".
  Finalmente, a identificação dos produtos perigosos é feita pela aplicação de um rótulo (pictórico) e um painel (numérico) em portas de salas ou depósitos, áreas de processamento, tanques, tambores, garrafas e veículos transportadores para indicar precisamente qual é o produto.
  O quadro completo de rótulos de risco é apresentado abaixo:
  Para o cidadão comum, detalhes relativos a subclasses ou especificações de risco são de pouca relevância, mas é importante saber reconhecer em um local ou veículo a existência de um produto perigoso para:
a. garantir sua própria segurança.
b. proteger outras pessoas.
c. alertar as autoridades em caso de acidente.
QUE FAZER EM CASO DE ACIDENTE
  Se você se deparar com um acidente que envolva produto perigoso, tente, se possível e seguro, identificar o produto envolvido para informar às autoridades. Se não, chame assim mesmo:
FEEMA, Poluição Acidental 2542-1993 / 2255-9292;
Corpo de Bombeiros 193;
ou Defesa Civil Municipal 199.
Se for numa rodovia:
Federal, Polícia Rodoviária Federal 371-8011
Estadual, Polícia Rodoviária Estadual 719-0530
Depois de transmitido o pedido de socorro, trate de proteger-se:
  • Afaste-se do local, andando contra o vento;
  • Alerte outras pessoas presentes para fazer o mesmo;
  • Se não puder se afastar, não coma, não beba, não fume!;
  • Se estiver num veículo todo metálico, feche janelas e aberturas de ventilação;
  • Se receber ordem de afastar-se, faça isto sem demora;
  • Em casa, se for necessário, feche portas e janelas e vede as frestas com fita adesiva ou toalhas úmidas, desligue condicionadores de ar, feche tantas portas internas quanto possível;
  • Se você suspeitar que há vapores tóxicos no ambiente, respire em sorvos curtos através de um pano ou toalha;
  • Evite contato físico com qualquer líquido derramado, vapor ou poeira, mantenha-se completamente vestido, com mangas compridas, calças compridas, sapatos e meias (embora a roupa comum ofereça uma proteção mínima);
  • Se você suspeitar (ou estiver certo) que foi contaminado, procure socorro médico imediatamente; considere que suas roupas estão também contaminadas;
  • Para fazer uma descontaminação inicial, retire todas as roupas e ponha-as diretamente em um saco plástico que será fechado com um nó apertado. Peça instruções às autoridades quanto ao que fazer com este material;
  • Em seguida, se você souber que o produto envolvido não reage com a água tome um prolongado banho de chuveiro, impedindo que as primeiras águas que escorram do alto da cabeça atinjam seus olhos, as mucosas do nariz, entrem na boca e nos ouvidos.
  • Saiba mais..
    Sinais de Perigo
    Simulação de Acidente com Cargas Tóxicas
    Curso Primeira Resposta a Acidentes com Produtos Perigosos

    Veja também:
    Comissão Nacional de Energia Nuclear

    Associação Brasileira da Indústria Química


    Copyright © 2001 by Defesa Civil do Município
    Rua Visconde de Santa Isabel 32, Vila Isabel CEP: 20560-121
    Telefone: 2576-5665 / Fax: 2576-8446
    Telefone de Emergência: 199