Copyright © 2005
Memorial Getúlio Vargas
Praça Luís de Camões
(ao lado do Hotel Glória), RJ
Ouvidoria do Município
Ouvidoria do Município
Créditos de produção
 

1938
Levante Integralista
1939/1945
Segunda Guerra Mundial
1940
O Rio tem
1.764.141 habitantes
1941
Criação da Companhia
Siderúrgica Nacional
1942
Brasil declara guerra à Alemanha e à Itália

 

Getúlio Vargas discursando
Cerimônia de posse na ABL
Implantada a ditadura, Getúlio Vargas promoveu intensa intervenção do Estado na vida do país. No campo social, ampliou a legislação trabalhista e previdenciária com a Justiça do Trabalho, o salário mínimo e a Consolidação das Leis do Trabalho; na economia, criou o Conselho Nacional do Petróleo e a Companhia Siderúrgica Nacional, e fez a lei contra os monopólios econômicos. Na cultura, foram tomadas várias medidas de promoção do livro, do cinema e do teatro. Mas sobreveio a Segunda Guerra Mundial, que afetou profundamente a vida do país. A população promoveu passeatas em favor da declaração de guerra em frente ao Palácio Guanabara. O Brasil afinal aderiu aos aliados e mandou à Itália uma Força Expedicionária (FEB) de 25 mil homens para combater o nazi-fascismo. Ao partir e ao retornar, os pracinhas desfilaram pela Avenida Rio Branco.

A perspectiva de vitória dos aliados levou Getúlio Vargas a alterar sua tática política. Passou a se dirigir diretamente aos trabalhadores pelo rádio e em comícios realizados no estádio do Vasco da Gama. Diante das pressões pela democratização, concordou que se preparasse eleição presidencial. Surgiu, então, um movimento popular pregando a permanência de Getúlio Vargas, o "queremismo", de "queremos Getúlio". "Queremistas" promoviam grandes marchas do Largo da Carioca até o Catete e o Guanabara. Também o Partido Comunista do Brasil (PCB) fazia comícios pró-Vargas. Liberais e democratas de esquerda, aliados contra Getúlio, viram perplexos o povo apoiar a quem eles consideravam simples ditador. Decidiram, com o respaldo dos mesmos militares que tinham sustentado o Estado Novo, depor Getúlio Vargas. A destituição foi em 1945, no Palácio Guanabara.

 
Carteira de Trabalho de Getúlio Vargas
Créditos: Museu da República - Acervo e Arquivo Nacional - Empresa Brasileira de Notícias

Comemorações da Semana da Pátria na Quinta da Boa Vista. Rio, 1944
Crédito: Arquivo Nacional - Empresa Brasileira de Notícias

Aniversário de Getúlio, em frente ao Palácio Tiradentes. Rio, 1942
Crédito: CPDOC/FGV - Arquivo OA

Manifestação contra o afundamento de navios brasileiros pelos alemães. Rio, 1942
Crédito: CPDOC/FGV - Arquivo CFa

Com o comando da FEB no embarque das tropas para a Itália. Rio, 1944
Crédito: CPDOC/FGV - Arquivo GC
Fábrica de armamentos no Andaraí. Rio, 1938/1942
Créditos: CPDOC/FGV - Arquivo GC e CPDOC/FGV - Arquivo CFa

Retorno das tropas da FEB. Rio, 1945
Crédito: CPDOC/FGV - Arquivo CFa

Embarque de tropas da FEB para a Itália. Rio, 1944
Crédito: Arquivo Nacional - Empresa Brasileira de Notícias

Comemorações do Dia da Pátria no Estádio do Vasco da Gama. Rio, 1945
Crédito: Arquivo Nacional - Empresa Brasileira de Notícias

Manifestação "queremista" em frente ao Palácio Guanabara. Rio, 1945
Crédito: Arquivo Geral da Cidade do Rio de Janeiro - R 5213 P.570