Serviços Prestados
Clínica Veterinária
Clínica Cirúrgica
Diagnóstico por imagem
Serviços Gratuitos
Castração de Caninos e Felinos
Diagnóstico de Zoonoses
Observação de Raiva
Posse Responsável
Adoção de Caninos e Felinos
Zoonoses
O que são zoonoses
Informações
Amostra de Raiva
Contatos
Downloads
Estágios
Horários de funcionamento
Links
Localização
Mitos e Verdades
Tabela de preços
     
 

CASTRAÇÃO DE CÃES E GATOS

A castração de cães e gatos, tanto de machos, quanto de fêmeas, traz diversos benefícios para saúde do animal: evita doenças comuns na idade avançada (como o tumor de mama e piometra, em fêmeas; prostatite e hérnias perianais, em machos), modula o comportamento agressivo do macho, impede a reprodução indesejada e é realizada com bastante segurança, gratuitamente.

É muito comum as pessoas sentirem-se mal com a decisão de castrar seu animal, principalmente se ele for macho. Ao contrário do que muitos pensam, os animais só cruzam para reprodução, não desenvolvendo relações afetivas ou familiares como ocorre entre humanos. Se um dos objetivos do proprietário, ao adquirir um animal de estimação, for o acasalamento, é importante levar em consideração que:

- Há critérios rigorosos para a seleção genética de animais para reprodução. Estes critérios são técnicos, e não afetivos; levam em consideração aspectos morfológicos, predisposições hereditárias para doenças e temperamento. Portanto, a reprodução de animais não é tarefa para leigos. Animais cujo temperamento ou aspecto fogem ao padrão de uma determinada raça são comumente abandonados e tornam-se vítimas do acaso e da crueldade humana.

- Proprietários de machos sempre encontram grande dificuldade para encontrar uma fêmea disponível, de tamanho ou raça compatível, para acasalar com seus animais de estimação; adiar a castração do macho até o encontro da fêmea disponível para o acasalamento muitas vezes pode representar uma espera de vida inteira;

- É mito pensar que o cão (ou gato) vai ficar "mais calmo" depois da cruza.

A orquiectomia (castração do macho) é uma cirurgia muito mais simples e rápida que a panhisterectomia (castração das fêmeas).

Os cães e gatos podem aumentar de peso após a castração, mas como eles não se alimentam sozinhos, cabe aos donos controlar a quantidade e a qualidade do alimento.

Outro mito bastante comum relacionado à castração é que os animais castrados ficam "bobos" ou perdem a personalidade após a cirurgia: isto não é, absolutamente, verdade. A remoção das gônadas sexuais (ovários e testículos), que ocorre na castração, apenas reduz - e não impede - comportamentos relacionados ao instinto de reprodução dos animais. Isto não muda em nada sua relação com o dono.

Considerada política de saúde pública na Cidade do Rio de Janeiro, a castração gratuita de cães e gatos também objetiva reduzir a população de animais errantes e as zoonoses que eles muitas vezes transmitem, o abandono e os maus tratos aos animais sem dono.

Não tenha dúvidas a respeito dos benefícios da castração: estes são comprovados cientificamente e na maioria dos países desenvolvidos ela ocorre cada vez mais cedo.

Na UJV, fazemos castrações em cães e gatos a partir do quarto mês de vida, de preferência após o término das vacinas. Estudos científicos apontam que a castração precoce (pré-púbere, ou seja, antes do primeiro cio) reduz em até 100% o risco de tumores de mama em fêmeas.

 
  voltar
voltar